Conselheiro Lafaiete

(31) 3761-4400

Praça São Sebastião, 35
São Sebastião - Conselheiro Lafaiete-MG

Barbacena

(32) 3339-6000

Av. Governador Bias Fortes, 381
Pontilhão - Barbacena-MG


Notícias

Segundo dados, as vendas de materiais para construção cresceram 6% em 2017.


O ano de 2017 apresentou um valor total de R$ 114,5 bilhões no varejo do setor de material de construção, o que resultou em um crescimento de 6% em relação ao ano anterior. Os dados foram obtidos na Pesquisa Tracking mensal, de autoria da Anamaco, que entrevistou 530 lojistas entre os dias 21 a 23 de dezembro.

De acordo com o estudo, o varejo do setor de construção civil teve um aumento de 1% em dezembro quando comparado ao mês de novembro de 2017, resultado igual ao que aconteceu no ano de 2016.

Na opinião de Cláudio Conz, presidente da Anamaco, o ano de 2016 foi um dos mais fracos para o setor. Portanto, o início de 2017 não foi exatamente como se planejava, e no transcorrer do ano houve algumas dificuldades, mas todas elas foram superadas.

Como resultado, o faturamento do ano de 2017 foi considerável, bem próximo do que foi obtido em 2015, que foi de R$ 115 bilhões.

Expectativas para 2018

Conz explica que, de acordo com os resultados do último ano, a expectativa é de melhora no ano de 2018. Espera-se que o aumento seja de, aproximadamente, 8,5%, o que levaria o faturamento total a R$ 124,2 bilhões. As expectativas são baseadas em diversos fatores, como a redução das taxas de juros e da inflação e o aumento das taxas de emprego no país, o que faz com que a população tenha mais recursos e também mais confiança para investir em reformas.

A aprovação da reforma tributária é uma causa para a qual a Anamaco lutará. De acordo com o presidente da associação, a medida trará vários benefícios ao setor, que depende de assessoria fiscal, contábil e jurídica e de uma série de especialistas para ficar atualizado com as obrigações tributárias.

Esse modelo deixará as empresas brasileiras mais competitivas, reduzirá a renúncia fiscal e diminuirá contenciosos relativos à administração, além de eliminar o problema das diferentes taxas de ICMS entre os estados.

Demais fatores positivos para 2018

Cláudio Conz também cita outros fatores que serão benéficos para o ano de 2018, como a deterioração das mais de 64 milhões de casas em todo o país, que precisa, naturalmente, de materiais de construção para as reformas.

Os casamentos, nascimentos e divórcios também geram a necessidade por reformas, e a melhor condição financeira dos brasileiros também deve ajudar muito, o que pode trazer bons resultados para 2018.

Entre os materiais que tiveram maior crescimento nas vendas, destacam-se as tintas (8%) e os cimentos (2%), enquanto as telhas de fibrocimento tiveram uma redução de 3% nas vendas.

Entre os itens que são indispensáveis para uma reforma, encontram-se os pisos e revestimentos, que dão uma aparência totalmente nova ao ambiente e o deixam ainda mais bonito e interessante.

Para a aquisição de pisos em Londrina, a PisoAqui é a melhor escolha. Com várias opções de piso vinílico e piso laminado, esses produtos irão contribuir para que cada reforma fique do jeito que os proprietários da residência sempre sonharam, além de valorizar o imóvel e deixá-lo mais aconchegante e moderno.

 

Fonte: Exame.

Formas de
Pagamento
Pague com:
Visa 6 vezes
Mastercard 6 vezes
Construcard
Banco do Brasil